Paul McCartney. Fast Art Web.

Paul McCartney: as 10 melhores músicas

As 10 Melhores Músicas de Paul McCartney: Uma Jornada Pela Genialidade Musical

Espalhe por aí…

Todo amante da boa música conhece a obra dos Beatles e de Paul McCartney. É um privilégio compartilhar as 10 músicas de Paul McCartney que considero verdadeiras obras-primas. Para compreender a magnitude dessas composições, é essencial traçar uma breve jornada pela extraordinária carreira de Sir Paul McCartney, desde os icônicos dias dos Beatles até sua prolífica carreira solo.

Paul McCartney: Uma Lenda Viva

Paul McCartney, nascido em Liverpool em 1942, emergiu como uma das mentes musicais mais brilhantes do século XX. Como membro dos Beatles, McCartney desempenhou um papel crucial na revolução da música popular. Sua habilidade como baixista, cantor e compositor ajudou a moldar o som distintivo dos Beatles, tornando-os uma força inigualável. Após a dissolução dos Beatles em 1970, Paul embarcou em uma carreira solo notável, provando que sua genialidade musical era inextinguível. Seu talento multifacetado abrange não apenas a composição de músicas atemporais, mas também inclui sua destreza como instrumentista e vocalista carismático.

Playlist das 10 mais de Paul McCartney no Spotify

As 10 Pérolas Musicais de Paul McCartney

1. Ebony and Ivory (1982)

Autor: Paul McCartney
Ano de Criação: 1982

Letra/Lyrics: Ebony And Ivory (Paul McCartney)

Ebony and ivory
Live together in perfect harmony
Side by side on my piano keyboard
Oh, Lord, why don’t we?

We all know
That people are the same wherever you go
There is good and bad
In everyone

We learn to live
We learn to give each other what we need to survive
Together alive

Ebony and ivory
Live together in perfect harmony
Side by side on my piano keyboard
Oh, Lord, why don’t we?

Ebony, ivory
Living in perfect harmony
Ebony, ivory Oh, oh We all know
That people are the same wherever you go
There is good and bad
In everyone

We learn to live
When we learn to give each other what we need to survive
Together alive
Ebony and ivory
Live together in perfect harmony
Side by side on my piano keyboard
Oh, Lord, why don’t we?
Side by side on my piano keyboard
Oh, Lord, why don’t we?

Ebony, ivory
Living in perfect harmony
Ebony, ivory Living in perfect harmony (harmony)
Ebony, ivory (ebony, oh)
Living in perfect harmony (harmony)
Ebony, ivory (ebony)
Living in perfect harmony
Ebony, ivory (ebony)
Living in perfect harmony Ebony

Análise da Letra: “Ebony and Ivory” é um apelo à harmonia racial e à coexistência pacífica, representada pela metáfora do teclado preto e branco de um piano.

Análise da Melodia e Harmonia: A simplicidade da melodia reflete a mensagem direta da letra, enquanto os acordes suaves e a interação entre o piano e os vocais criam uma atmosfera de serenidade.

2. Once upon a Long Ago

Autor: Paul McCartney
Ano de Criação: 1987

Letra/Lyrics: Once Upon A Long Ago

Picking up scales and broken chords
Puppy dog tails in the house of lords
Tell me, darling
What can it mean?

Making up moons in a minor key
What have those tunes got to do with me?
Tell me, darling
Where have you been?

Once upon along ago
Children searched for treasure
Nature’s plan went hand in hand with pleasure
Such pleasure Blowing balloons on a windy day
Desolate dunes with a lot to say
Tell me, darling
What have you seen?

Once upon along ago
Children searched for treasure
Nature’s plan went hand in hand with pleasure
My pleasure

Playing guitars on an empty stage
Counting the bars of an iron cage
Tell me, darling
What can it mean?

Picking up scales and broken chords
Puppy dog tails in the house of lords
Tell me, darling
What does it mean?

Once upon a long, long ago
Children searched for treasure
Nature’s plan went hand in hand
Once upon a long, long ago

Children searched for treasure
Nature’s plan went hand in hand
Long a time ago
Long ago

Análise da Letra: A narrativa nostálgica é complementada por uma melodia envolvente, destacando a habilidade de McCartney em contar histórias através da música.

Análise da Melodia e Harmonia: A instrumentação elaborada, com destaque para a seção de cordas, adiciona camadas à música, criando uma experiência auditiva rica.

Beatle Paul McCartney
Beatle Paul McCartney. Imagem criada com AI

3. The Long and Winding Road

Autor: Paul McCartney
Ano de Criação: 1970

Letra/Lyrics: The Long And Winding Road (Paul McCartney)

The long and winding road
That leads to your door
Will never disappear
I’ve seen that road before
It always leads me here
Lead me to your door

The wild and windy night
That the rain washed away
Has left a pool of tears
Crying for the day
Why leave me standing here?
Let me know the way

Many times, I’ve been alone
And many times, I’ve cried
Anyway, you’ve never known
The many ways I’ve tried

But still, they lead me back
To the long, winding road
You left me standing here
A long, long time ago
Don’t leave me waiting here
Lead me to your door

But still, they lead me back
To the long, winding road
You left me standing here
A long, long time ago
Don’t leave me waiting here
Lead me to your door

Análise da Letra: Uma reflexão melancólica sobre a jornada da vida, a letra é poética e emotiva, ecoando a fase final dos Beatles.

Análise da Melodia e Harmonia: A simplicidade dos acordes e a emotividade da melodia destacam-se, proporcionando uma experiência melódica impactante.

4. Live and Let Die

Autor: Paul McCartney
Ano de Criação: 1973

Letra/Lyrics: Live And Let Die

When you were young and your heart was an open book
You used to say: Live and let live
(You know you did, you know you did, you know you did)
But if this ever changing world in which we’re living
Makes you give in and cry

Say: Live and let die
(Live and let die)
Live and let die
(Live and let die)

What does it matter to you?
When you got a job to do
You got to do it well
You got to give the other fellow hell

You used to say: Live and let live
(You know you did, you know you did, you know you did)
But if this ever changing world in which we’re living
Makes you give in and cry

Say: Live and let die
(Live and let die)
Live and let die
(Live and let die)

Análise da Letra: A intensidade lírica reflete a natureza épica da música, criada para a trilha sonora de um filme de James Bond

Análise da Melodia e Harmonia: A fusão de elementos clássicos e rock cria uma sonoridade única, destacando-se pela energia pulsante e mudanças dinâmicas.

5. My Love

Autor: Paul McCartney
Ano de Criação: 1973

Letra/Lyrics: My Love (feat. Wings)

And when I go away
I know my heart can stay with my love
It’s understood, it’s in the hands of my love
And my love does it good
Whoa-whoa-whoa-whoa, whoa-whoa-whoa-whoa
My love does it good

And when the cupboard’s bare
I’ll still find something there with my love
It’s understood, it’s everywhere with my love
And my love does it good
Whoa-whoa-whoa-whoa, whoa-whoa-whoa-whoa
My love does it good

Whoa-whoa, I love, oh-whoa, my love
Only my love holds the other key to me
Oh-whoa, my love, oh-oh, my love
Only my love does it good to me

Whoa-whoa-whoa-whoa, whoa-whoa-whoa-whoa
My love does it good

Don’t ever ask me why
I never say goodbye to my love
It’s understood, it’s everywhere with my love
And my love does it good
Whoa-whoa-whoa-whoa, whoa-whoa-whoa-whoa
My love does it good

Whoa-whoa, I love, oh-whoa, my love
Only my love does it good to me
Whoa-whoa-whoa-whoa-whoa-whoa, whoa-whoa-whoa

Análise da Letra: Uma declaração de amor simples e sincera, a letra é tocante e poética.

Análise da Melodia e Harmonia: A suavidade da melodia e a sofisticação harmônica demonstram a versatilidade de McCartney como compositor.

Cantor Paul McCartney. Imagem criada com AI
Cantor Paul McCartney. Imagem criada com AI

6. No More Lonely Nights

Autor: Paul McCartney
Ano de Criação: 1984

Letra/Lyrics: No More Lonely Nights

I can’t wait another day until I call you
You’ve only got my heart on a string and everything a-flutter
But another lonely night might take forever
We’ve only got each other to blame
It’s all the same to me love
‘Cause I know what I feel to be right

No more lonely nights
No more lonely nights
You’re my guiding light
Day or night I’m always there

May I never miss the thrill of being near you
And if it takes a couple of years
To turn your tears to laughter
I will do what I feel to be right

No more lonely nights
Never be another
No more lonely nights
You’re my guiding light
Day or night I’m always there
And I won’t go away until you tell me so
No I’ll never go away

Yes, I know what I feel to be right
No more lonely nights
Never be another
No more lonely nights
You’re my guiding light
Day or night I’m always there

And I won’t go away until you tell me so
No I’ll never go away

And I won’t go away until you tell me so
No I’ll never go away

No more lonely nights
No more lonely nights

Análise da Letra: A emotividade da letra é intensificada pela expressividade vocal de McCartney, abordando a superação da solidão.

Análise da Melodia e Harmonia: A guitarra emotiva e os arranjos orquestrais contribuem para uma experiência musical cativante.

7. Something

Autor: George Harrison (interpretada por Paul McCartney)
Ano de Criação: 1969

Letra/Lyrics: Something

Something in the way she moves
Attracts me like no other lover
Something in the way she woos me

I don’t want to leave her now
You know I believe and how

Somewhere in her smile, she knows
That I don’t need no other lover
Something in her style that shows me

I don’t want to leave her now
You know I believe and how

You’re asking me will my love grow
I don’t know, I don’t know
You stick around now it may show
I don’t know, I don’t know

Something in the way she knows
And all I have to do is think of her
Something in the things she shows me

I don’t want to leave her now
You know I believe and how

Análise da Letra: Uma das composições mais célebres dos Beatles, “Something” destaca-se pela beleza e simplicidade de suas letras.

Análise da Melodia e Harmonia: A melodia envolvente, combinada com os arranjos orquestrais, faz desta uma das músicas mais notáveis do repertório dos Beatles.

8. Let it Be

Autor: Paul McCartney
Ano de Criação: 1970

Letra/Lyrics: Let It Be

When I find myself in times of trouble
Mother Mary comes to me
Speaking words of wisdom
Let it be

And in my hour of darkness
She is standing right in front of me
Speaking words of wisdom
Let it be

Let it be, let it be
Let it be, let it be
Whisper words of wisdom
Let it be

And when the brokenhearted people
Living in the world agree
There will be an answer
Let it be

For though they may be parted
There is still a chance that they will see
There will be an answer
Let it be

Let it be, let it be
Let it be, let it be
Yeah, there will be an answer
Let it be

Let it be, let it be
Let it be, let it be
Whisper words of wisdom
Let it be

Let it be, let it be
Let it be, yeah, let it be
Whisper words of wisdom
Let it be

And when the night is cloudy
There is still a light that shines on me
Shine on ‘til tomorrow
Let it be

I wake up to the sound of music
Mother Mary comes to me
Speaking words of wisdom
Let it be

Let it be, let it be
Let it be, yeah, let it be
Oh, there will be an answer
Let it be

Let it be, let it be
Let it be, yeah, let it be
Oh, there will be an answer
Let it be

Let it be, let it be
Let it be, yeah, let it be
Whisper words of wisdom
Let it be

Análise da Letra: Inspirada por um sonho da mãe de McCartney, a letra transmite uma mensagem de aceitação e esperança.

Análise da Melodia e Harmonia: A simplicidade dos acordes e a emotividade da melodia contribuem para a atemporalidade desta música.

Beatles. Imagem criada com AI
Paul McCartney. Imagem criada com AI

9. Hey Jude

Autor: Paul McCartney
Ano de Criação: 1968

Letra/Lyrics: Hey Jude

Hey, Jude, don’t make it bad
Take a sad song and make it better
Remember to let her into your heart
Then you can start to make it better

Hey, Jude, don’t be afraid
You were made to go out and get her
The minute you let her under your skin
Then you begin to make it better

And anytime you feel the pain
Hey, Jude, refrain
Don’t carry the world upon your shoulders

For well you know that it’s a fool
Who plays it cool
By making his world a little colder
Na-na-na-na-na-na-na-na

Hey, Jude, don’t let me down
You have found her, now go and get her
Remember to let her into your heart
Then you can start to make it better

So let it out and let it in
Hey, Jude, begin
You’re waiting for someone to perform with
And don’t you know that is just you?
Hey, Jude, you’ll do
The movement you need is on your shoulder
Na-na-na-na-na-na-na-na

Hey, Jude, don’t make it bad
Take a sad song and make it better
Remember to let her under your skin
Then you’ll begin to make it better
(Better, better, better, better, better, oh, yeah)

Na, na-na-na-na-na-na-na-na, hey, Jude
Na, na-na-na-na-na-na-na-na, hey, Jude
Na, na-na-na-na-na-na-na-na, hey, Jude
Na, na-na-na-na-na-na-na-na, hey, Jude

Análise da Letra: A letra é uma mensagem de apoio e encorajamento, enquanto a estrutura da música é expansiva e épica.

Análise da Melodia e Harmonia: A construção gradual da música, culminando no famoso refrão, destaca a habilidade de McCartney em criar peças dinâmicas e cativantes.

10. Yesterday

Autor: Paul McCartney
Ano de Criação: 1965

Letra/Lyrics: Yesterday

Análise da Letra: A simplicidade e melancolia das letras fazem de “Yesterday” uma das composições mais poéticas e universais de McCartney.

Análise da Melodia e Harmonia: A melodia atemporal, acompanhada por um arranjo simples de violão, solidifica esta música como uma obra-prima da composição.

Conclusão

Retrato de McCartney estilo aquarela
Retrato de Paul McCartney estilo aquarela

A seleção dessas 10 músicas não apenas destaca a diversidade e genialidade de Paul McCartney como compositor, mas também oferece uma visão abrangente de Paul McCartney como um dos músicos mais influentes da história da música popular.

Cada faixa escolhida representa um capítulo distinto na jornada musical de McCartney, desde os dias tumultuosos dos Beatles até suas realizações monumentais na carreira solo.

O poder de McCartney como compositor vai além das notas e acordes; suas letras são testemunhas de sua habilidade de contar histórias, transmitir emoções profundas e abordar temas que ressoam através das décadas. Em “Ebony and Ivory”, ele nos lembra da importância da harmonia e união. Em “The Long and Winding Road”, ele nos conduz por uma viagem melancólica através da vida.

As melodias, harmonias e arranjos orquestrais habilmente construídos demonstram a maestria musical de McCartney. “Live and Let Die” nos transporta para um mundo cinematográfico, enquanto “Hey Jude” nos envolve em uma jornada sonora épica.

Ao reinterpretar “Something”, McCartney homenageia George Harrison, evidenciando a camaradagem duradoura dos Beatles. “Let it Be” e “Yesterday” ressoam como hinos atemporais, tocando o coração de gerações com sua simplicidade e beleza inigualáveis.

Cada uma dessas músicas é mais do que uma simples composição; é uma parte do legado musical de um ícone. Paul McCartney transcendeu as fronteiras do tempo, continuando a encantar e inspirar audiências ao redor do mundo.

Ao refletir sobre essas 10 músicas notáveis, é impossível ignorar o impacto duradouro de McCartney na música popular. Sua capacidade de evocar emoções, contar histórias envolventes e criar melodias inesquecíveis reafirma seu lugar como um dos maiores artistas da história da música. Que essas músicas perdurem como testemunhas sonoras da genialidade de Paul McCartney, uma verdadeira lenda viva da música.

E você, o que achou da lista do editor de Fast Art Web? Faltou alguma música? Comente aí!


Espalhe por aí…

Obs-1.: A abreviação AI ou IA, quando utilizadas neste artigo e em todo o site, quer dizer “Artificial Inteligence” ou “Inteligência Artificial”.
Obs-2.: Algumas das imagens utilizadas neste artigo foram criadas com AI em Playground AI e em Leonardo AI.
Obs-3.: Veja mais músicas e artistas em nosso Site

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Conheça 5 Espécies Ameaçadas De Extinção Explorando a Poluição do Ar Reciclagem – Dando Vida Nova ao Lixo Preservação do Meio Ambiente 10 Pontos Cruciais sobre a Preservação da Amazônia